SOLICITE UM ORÇAMENTO: ORÇAR
play
ÁREA DO CLIENTE / CERTIFICADOS: ENTRAR

nano

Nos últimos anos, a aplicação de nanotecnologia nos materiais de construção tem aumentado significativamente, com especial destaque para a utilização de nanosílica na produção de concretos, com a finalidade de aumentar suas características de resistência e durabilidade.

A nanosílica utilizada como adição ao concreto é mais eficiente que a sílica ativa ou cinza volante, já que possui partículas menores e, consequentemente, maior superfície específica, reagindo mais rápido e podendo ser utilizada em menor quantidade. Ela é obtida por processo químico e tem sua composição química semelhante a do quartzo e suas partículas apresentam diâmetro entre 3nm e 200nm (1 nm = 10-9 m).

Sua utilização, associada a aditivos à base de policarboxilatos, confere aos concretos características como: maior coesão e menor segregação, redução da relação água/cimento, manutenção da plasticidade por até 4 horas, a 20o C, menor exsudação, redução da permeabilidade, redução do calor de hidratação, aumento do Módulo de Deformação, aumento das resistências à compressão iniciais, finais e à flexão, e diminuição da retração.

Para facilitar sua utilização e melhorar sua dispersão no concreto, a nanosílica pode ser fornecida em forma líquida, dispersa em aditivos superplastificantes à base de policarboxilatos de última geração.

A Regional de São Paulo da Concrevit já vem utilizando com sucesso a nanotecnologia em concreto desde outubro de 2013 na obra Complexo Madeira em Alphaville (Barueri), da empresa Afonso França Engenharia Ltda., tendo fornecido 14.000m³ de concreto fck = 45,0 MPa e Módulo de Deformação Tangente Inicial de 37,0 GPa.